Biblioteca Mário de Andrade recebe doação do livro “Memórias do Tatuapé”

"... me senti como a criança que chega a um parque de diversões."

Autor fez questão de entregar o livro na principal biblioteca da cidade e a segunda maior do país.

Verônica Franc

De acordo com as informações divulgadas na página da Secretaria Municipal de Cultura, “a Biblioteca Mário de Andrade (BMA) é uma das mais importantes bibliotecas de pesquisa do país”. Sua fundação ocorre em 1925, como Biblioteca Municipal de São Paulo, e atualmente é considerada a maior biblioteca pública da cidade e a segunda maior do país. A primeira é a Biblioteca Nacional.

“Foi inaugurada, em 1926, na Rua 7 de Abril, com uma coleção inicial formada por obras que se encontravam em poder da Câmara Municipal de São Paulo, em cujo prédio a Biblioteca funcionava. Em 1937, incorporou a Biblioteca Pública do Estado e, a partir de então, importantes aquisições de livros, muitos deles raros e especiais, enriqueceram seu acervo. O crescimento de seu acervo e serviços ocasionou a mudança da biblioteca para o atual edifício, localizado na Rua da Consolação. Inaugurado em 1942, na gestão do Prefeito Prestes Maia e tendo Rubens Borba de Moraes como Diretor da Biblioteca, o novo edifício, projetado pelo arquiteto francês Jacques Pilon, é considerado um marco da arquitetura Moderna em São Paulo.”

“Quando cheguei à frente daquele grande pórtico, me senti como a criança que chega a um parque de diversões. Encantado que estava, honrado pela possibilidade de entregar em doação um pequeno livro oriundo dos meus estudos e dedicação – levado que fui principalmente pela curiosidade em saber como era antigamente o lugar e a cidade onde vivo – disfarcei de mim mesmo o entusiasmo. Naquele dia, havia uma exposição no hall central da biblioteca. Para lá me dirigi e fiquei admirando os painéis expostos, enquanto me recobrava da sensação de ter um minúsculo compêndio em meio a tantas obras-primas que compõem a Mário de Andrade. Alguém tão humilde como eu, diante de tal possibilidade…”

Patrono

A transferência do prédio da Biblioteca Municipal do singelo prédio à Rua Sete de Abril para o marco arquitetônico no atual endereço, “representou a concretização do plano de Mário de disponibilizar as conquistas do Modernismo e fazer da arte e da cultura um bem comum. Não à toa a Biblioteca recebeu seu nome em 1960. O nome daquele que amou e cantou sua cidade com o mesmo ímpeto com que defendeu sua história”. A Biblioteca Mário de Andrade possui um setor de obras raras e muitas histórias.

O livro “Memórias do Tatuapé – Uma viagem às origens nos séculos XV a XVII” traz outra vez à luz um ato fundamental proposto por Mário de Andrade. Sem ele, estaria perdida parte da história do bairro.

Antes de estar disponível ao público o livro será catalogado e o processo pode demandar algum tempo, informe-se.

Biblioteca Mário de Andrade
Edifício principal
Rua da Consolação, 94
República – 01302-000
Telefone: 11 3775-0002
bma@prefeitura.sp.gov.br
Edifício anexo
Rua Dr. Bráulio Gomes, 125/139
circbma@prefeitura.sp.gov.br

 

 


Fotos: Biblioteca Mário de Andrade / divulgação / Arquivos / Arq
Share This